segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Na hora certa, a pessoa errada


Eu até poderia fingir que você não mexeu comigo, mas isso seria mentir de mais para meu coração. Foram só alguns minutos, e no entanto penso em você o dia todo! As vezes me sinto boba, e as vezes culpada... como você se sente? Sei que entre nós há muita química, cumplicidade, e transparência, não há como negar que algo dentro de mim esta ligado a você! Mas, e como será nosso futuro? E quando os dias cinzas chegarem? as inseguranças, os fracassos e as decepções? seremos suficientes um para o outro? Saberemos lidar com tudo isso?!
Dentro de mim existem muitas dúvidas, mas todas as interrogações se toram reticências quando meus olhos se cruzam nos teus, quando minha pele encosta na tua. Quando a porta atrás de nós se fecha, é como se o mundo parasse lá fora, e mesmo o relógio me mostrando que está contra nós, eu sinto que o tempo que passamos juntos não é perdido. 
Aquele arrepio frio e gostoso, as melhores sensações, o sentimento de perdição seguido pelo de rendição

Nenhum comentário:

Postar um comentário